COMMODITIES AGRÍCOLAS E FINANCEIRAS

Contrato futuro não é um ativo à vista. É apenas uma expectativa do valor que determinado ativo alcançará no futuro negociado na forma de contrato.

Uns utilizam contratos futuros para proteção, como um importador exposto à variação do dólar ou um produtor que se preocupa com a queda dos preços (hedge). Outros usam como ferramenta de especulação. Estes são a maioria do mercado.

O que não falta são oportunidades no mercado futuro.

Conheça as possibilidades que a HGR oferece e diversifique seus investimentos.

CONHEÇA ALGUNS DOS PRINCIPAIS PRODUTOS NEGOCIADOS NO MERCADO FUTURO.

BOI GORDO

Características

Vantagens

VANTAGENS

Alavancagem
A maioria dos contratos do mercado futuro permite que você assuma posições com valor superior ao que tem depositado na corretora.

Facilidade para comprar e vender
Negociar no mercado futuro é tão fácil quanto negociar ações. Enquanto na Bovespa são negociadas ações das empresas; na BM&F são negociados os contratos futuros de commodities agrícolas e financeiras.

Análise gráfica
Por ter uma correlação forte de preços com o mercado físico, onde os movimentos têm tendências mais definidas, os contratos futuros de commodities tendem a respeitar os pontos gráficos.

Fundamentos simples
É bem simples analisar os fundamentos de uma commodity. O que move seu preço é basicamente oferta x demanda, enquanto no mercado de ações são analisados diversos indicadores.

QUEM PODE OPERAR

Especuladores
São a maioria do mercado e estão interessados em auferir ganhos com as flutuações de preços. Podem usar tanto análises fundamentalistas quanto gráficas. Nos contratos futuros de commodities os gráficos seguem movimentos muito mais definidos, por isso agradam tanto os analistas gráficos. Pelo ponto de vista dos fundamentos, observa-se em commodities principalmente oferta x demanda. Uma dica para se inteirar sobre os fundamentos é acompanhar os relatórios ao final do dia do Mercado Futuro.

Hedgers
São os participantes do mercado ligados ao produto físico. Os vendedores têm o produto físico como, por exemplo, os produtores rurais e suas cooperativas. Eles entram no mercado procurando um “seguro” contra uma eventual baixa de preços em uma data pré-determinada no futuro (data da comercialização da safra agrícola). Os compradores são os que precisam do produto como matéria-prima para a sua atividade. Eles buscam o mercado futuro para assegurar o preço de seu insumo e garantir o custo de seu produto final.

COMO FUNCIONA

Mercado futuro
Mercado como outro qualquer que conta com a presença de vendedores e compradores influenciados pela oferta e demanda dos ativos negociados. A diferença é que em vez de ativos à vista, são negociados contratos para liquidação em uma data futura específica, previamente autorizada. Espera-se que o preço do contrato futuro de uma determinada ação seja equivalente ao preço à vista, acrescido de uma fração correspondente à expectativa de taxas de juros entre o momento da negociação do contrato futuro de ações e a respectiva data de liquidação do contrato.

Margem de garantia
É um dos instrumentos de salvaguarda financeira utilizado pelo mercado futuro. Trata-se de depósito (em dinheiro ou em ativos aceitos pela Bolsa) exigido de todos os clientes para abrir suas posições. Portanto, para entrar na compra ou venda de um contrato futuro, você não precisa do valor do mesmo, mas somente de uma margem depositada na conta. Por isso os contratos futuros podem ser tão alavancados.

Exemplo: Supondo o preço da saca de café a U$ 340,00. O contrato é de 100 sacas de café. Isso significa que o valor do contrato é U$ 34.000,00. Se a cotação do dólar está em R$ 1,80, este contrato vale R$ 61.200,00 (34.000 x 1,80). Porém, para comprar esse contrato você não precisa ter os R$ 64.000,00. Precisa apenas da margem que, no caso do contrato de café, é em torno de R$ 3.000,00 por contrato. Resumindo, com apenas R$ 3.000,00 de margem é possível comprar algo que vale R$ 64.000,00 no mercado futuro. Assim que a posição é zerada, a margem de garantia é devolvida, então não há um gasto. Além de dinheiro, são aceitos como margem, ações, títulos públicos, ouro, CDB etc.

Ajuste de posição
Mecanismo por meio do qual as posições mantidas pelos clientes, nos mercados futuros, são acertadas financeiramente todos os dias, conforme apresentem ganho ou perda em relação ao preço de ajuste do dia anterior. As posições em aberto ao final de cada pregão serão ajustadas com base no preço de ajuste do dia, determinado segundo regras estabelecidas pela Bolsa, com movimentação financeira no dia útil subsequente. O ajuste diário das posições em aberto será realizado até o dia útil anterior ao dia de alocação do Aviso de Entrega.